• Etarismo: o que é e o que representa para os idosos?

    Além do aumento de vulnerabilidades decorrente do avanço da idade, as pessoas idosas muitas vezes sofrem de outro problema também motivado por conta da sua faixa etária, a discriminação. Os comportamentos discriminatórios e preconceituosos contra a população idosa nascem da concepção social negativa e depreciativa existente contra essas pessoas, que acarretam a sua desvalorização e exclusão social, impactando desfavoravelmente na sua qualidade de vida e bem-estar. Essa discriminação também é conhecida como etarismo e, pela sua revelância na vida dos idosos, neste texto vamos entender o que ele significa e o que representa para essa população

    Leia Mais
  • Geriatria e a promoção da saúde aos idosos

    A atenção à saúde da pessoa idosa tem como finalidade principal manter o seu bem-estar e um bom estado de saúde para que consiga viver de maneira ativa e digna, resguardando a sua autonomia física, mental e social. Assim, para garantir essa atenção existe a geriatria, área da saúde especializada nos cuidados e no tratamento à população idosa. Dessa forma, pelo seu papel no amparo à pessoa idosa, a geriatria se mostra fundamental para a garantia do direito à saúde dessa população, de maneira a promover a sua qualidade de vida. Por isso, neste texto do Equidade vamos entender melhor sobre a geriatria e a sua relação com a garantia dos direitos dos idosos.

    Leia Mais
  • A senioridade no Brasil e os direitos dos idosos

    O processo de amparo à senioridade no Brasil é relativamente recente, o reconhecimento dos direitos dos idosos no país ocorreu somente no século XX, marcando um período de negligência em relação às necessidades da população idosa. Assim, a conquista desses direitos representara um avanço para o desenvolvimento de políticas de atenção e proteção ao idoso no Brasil, buscando garantir o seu bem-estar, sua segurança e o respeito a sua dignidade. Dessa forma, neste texto do Equidade vamos entender quais são os direitos dos idosos no Brasil e como a senioridade é protegida.

    Leia Mais
  • O que é o envelhecimento populacional e como os países se preparam para isso?

    A população mundial tem envelhecido e esse processo pode resultar em uma enorme quantidade de pessoas idosas nas próximas décadas. A média mundial da expectativa de vida de uma pessoa ao nascer tem aumentado com o passar dos anos, assim como a taxa de natalidade tem diminuído em muitos países. Como resultado, podemos dizer que estamos enfrentando um processo de envelhecimento populacional no mundo. Contudo, esse processo traz diversas implicações no cumprimento dos direitos dos idosos e na garantia da dignidade das pessoas idosas. Sendo assim, neste texto vamos falar sobre o que é o envelhecimento populacional e como lidar com ele.

    Leia Mais
  • Como os idosos são protegidos internacionalmente?

    Considerando o contexto global em que a população idosa vem crescendo, existe a necessidade de que os países garantam todos os direitos fundamentais e o bem-estar dos idosos. Assim, diversos instrumentos internacionais existentes hoje buscam efetivar a proteção dos idosos, dispondo de princípios e normas que estabelecem medidas a serem implementadas pelos países. Dessa forma, neste texto do Equidade vamos entender as garantias previstas nesses instrumentos e de que forma os idosos são protegidos no âmbito internacional.

    Leia Mais
  • Qual a história dos direitos dos idosos?

    O envelhecimento humano é um processo universal que é vivido e sentido de formas diferentes por cada ser vivo. Contudo, mesmo sendo natural, por muito tempo a senioridade foi ignorada socialmente, resultando na exclusão da participação social do idoso e na sua desvalorização. Essa negligência e falta de compromisso político e social com os idosos resultou no reconhecimento tardio da necessidade de amparar essa população de forma adequada em relação às suas vulnerabilidades. Assim, apenas recentemente os direitos dos idosos foram conquistados com o objetivo de proteger esse grupo. E é sobre esse contexto histórico que trataremos neste texto.

    Leia Mais
  • O que são os direitos dos idosos?

    A necessidade da existência dos direitos dos idosos surge da importância de reconhecer o status especial que as pessoas idosas possuem, em que a sua proteção é vital para preservar a dignidade e a qualidade de suas vidas. Isso porque o envelhecimento como processo biológico torna os indivíduos vulneráveis fisicamente e socialmente. Assim, os direitos dos idosos reconhecem esses indivíduos como sujeitos de direitos, que devem ser protegidos e tratados de forma adequada para que tenham as suas necessidades básicas atendidas, garantindo uma vida segura, saudável e digna. Dessa forma, para entender melhor sobre tudo isso, neste texto do Equidade vamos abordar sobre o que são os direitos dos idosos e a sua importância para a população idosa.

    Leia Mais

NOVOS PODCASTS
TODA SEMANA!

Pocast