TED: disseminando ideias e política

Foto: Marla Aufmuth / TED

ted

Você já deve ter visto alguma palestra do TED, certo? Uma palestra interessante e curta sobre um tema interessante. Não? Não tem problema, a gente explica o que é o TED pra você. Além de ser uma organização que tem o objetivo  de disseminar ideias pelo mundo, contribui diretamente com a educação política, ao trazer à tona diversos temas, como políticas públicas, saúde, sistema prisional, educação, meio ambiente, entre tantos outros. Vamos entender melhor sobre esse tal de TED?

O que é o TED?

O TED é uma organização sem fins lucrativos que tem a missão de disseminar ideias por todo o mundo utilizando um modelo de “palestras” – é usado o termo talks, que significa conversas em inglês – curtas, de no máximo 18 minutos. A sigla TED une três questões que foram debatidas na primeira Conferência do TED, em 1984: Tecnologia, Entretenimento e Design. Hoje em dia, as conferências do TED tratam desses assuntos e de muitos outros, como arte, política, medicina, ciência, questões globais, negócios…

O criador do TED, o arquiteto Richard Saul Wurman, buscava uma forma de compartilhar e absorver conhecimento, em que as pessoas que falam tem um protagonismo tão grande como as que ouvem. Para ele, as conferências tradicionais são muito chatas e quando realizou a primeira Conferência TED buscou retirar tudo o que não achava necessário: tirou os painéis, as palestras com horas de duração e “os homens brancos em ternos”. Sua proposta é de que no momento da talk – ou seja, da conversa – a pessoa fale a essência da ideia que foi apresentar, sem devaneios, sem introdução, sem enrolar.

Foto: Marla Aufmuth / TED

Em 2002, quando as Conferências TED foram compradas pela Fundação Sapling, o TED mudou de feição. Passou a abranger a maior gama de temas possíveis e a criar outros eventos – como o TED Global, o TED Women (TEDMulheres) e o TEDYouth (TEDJuventude), assim como passou a ter uma plataforma para colocar os vídeos na internet e expandir ainda mais o alcance das ideias compartilhadas. Desde então é comandado por Chris Anderson, jornalista que também é um dos curadores das ideias e pessoas que passam pelo emblemático tapete vermelho.

Veja uma série de palestras do TED, de 1984 até os dias de hoje!

O grande alcance do TED e provavelmente a maneira com que você o conheceu foi pela internet, por meio dos vídeos em seu site ou no Youtube. Essa foi a maneira encontrada de buscar atingir os 99,9% de pessoas no mundo que não vão à conferência. Em 2016, o TED atingiu um bilhão de visualizações nos vídeos. Mas, afinal, os palestrantes do TED falam em quais eventos? Leia mais a seguir!

Conferências TED

O modelo de conferências do TED teve seu primeiro evento em 1984 na cidade de Monterey (Califórnia, nos Estados Unidos), co-criado por Richard Saul Wurman e Harry Marks. A experiência foi muito diversa, como pretendia ser: houve uma demonstração de como usar um CD – na época já era comercializado, mas pouco comprado –, gráficos em 3D e como mapear os litorais com a teoria dos fractais. Apesar de tantas ideias interessantes, o evento teve déficit e só foi começar a dar certo a partir de 1990.

Demo do CD-Rom na Conferência TED em 1984.

Fonte: TED

ted

A partir de então, teve muito sucesso entre filósofos, médicos, cientistas políticos, jornalistas, designers e uma série de pessoas curiosas para aprender e ouvir o que estava sendo dito também pela mais variada gama de pessoas. Já palestraram no TED pessoas de projeção internacional, como Bill Gates (criador da Microsoft), Steve Jobs (criador da Apple), Bono Vox (vocalista da banda U2), James Cameron (diretor de cinema), Stephen Hawking (um dos maiores matemáticos e físicos da história), Sheryl Sandberg (CEO do Facebook), Chimamanda Ngozi Adichie (escritora), Shonda Rimes (roteirista e escritora), entre diversas outras figuras públicas – ou não – e relevantes em seus temas.

A Conferência do TED tem a duração de uma semana, sendo uma verdadeira imersão, com mais de 70 palestras, oficinas, rodas de conversa, atividades. Acontece anualmente na Costa Leste dos Estados Unidos ou do Canadá. As duas últimas, em 2016 e 2017, foram em Vancouver, no Canadá. O custo mínimo para ir à conferência é de 5 mil dólares e chega a 250 mil dólares para aqueles que pretendem ser patrocinadores. A próxima Conferência do TED será em 2018, em Vancouver, e terá o tema “The Age of Amazement” – em tradução livre, significa a Era da admiração, do espanto, do assombro.

Foto: Breat Hartman / TED

ted

TEDGlobal

O TEDGlobal foi criado em tem um intuito de conectar culturas, nações e países ao discutir questões globais, desde meio ambiente até a crise de refugiados, de solidariedade à escassez de água. Em 2016, o tema foi Sonho, em 2017 foi O Futuro Você. Os eventos do TEDGlobal acontecem todos os anos em lugares diferentes no mundo, como Suíça, Inglaterra, Tanzânia e Brasil.

As palestras do TEDGlobal mais vistas até então são:

Vale a pena assistir!  

Hilary Cottam quer ver o Estado de bem-estar social redesenhado, levando em conta a conexão humana.

Foto: James Duncan Davidson/TED

ted

TEDWomen

O TEDWomen – ou TEDMulheres, em português – é uma conferência sobre o poder das mulheres e meninas em serem criadoras e protagonistas da mudança. Funciona no mesmo estilo de todas as Conferências do TED, mas tem como lema remoldar o futuro discutindo questões diretamente ligadas à realidade da mulher e celebrando ideias tidas por mulheres. O evento acontece a cada dois anos e tem duração de três dias. O TEDWomen 2017 tem o tema Pontes e acontece na cidade de Nova Orleans nos Estados Unidos.

Mulheres de grande projeção pública como Jane Fonda (atriz e ativista), Arianna Huffington (jornalista e criadora do Huffington Post), Sheryl Sandberg (CEO do Facebook) já falaram no TEDWomen, assim como mulheres que impactam suas comunidades e tem igual relevância localmente.

Billie Jean King: “Eu comecei a pensar sobre o meu esporte e sobre todo mundo que jogava usava tênis brancos, roupas brancas, jogava com bolas brancas — todo mundo que jogava era branco. E eu disse a mim mesma, aos 12 anos, ‘Onde estão todas as outras pessoas?’. E eu continuei a colocar isso na minha cabeça. E naquele momento, eu prometi a mim mesma que eu lutaria por equidade de direitos e oportunidades para meninos e meninas, homens e mulheres, o resto da minha vida.”

Foto: Marla Aufmuth/TED

ted

TEDYouth

O TEDYouth – ou TEDJuventude, na tradução literal – foi criado com o intuito de retirar da juventude o que ela tem de melhor: seu potencial transformador. O evento acontece durante um dia inteiro e é destinado a estudantes de ensino fundamental e médio, proporcionando diversas atividades e oficinas, as famosas palestras que são marca registrada do TED e ótimas conversas. Por meio de suas falas, os palestrantes buscam uma conversa verdadeira, contando quais foram suas ideias, falando sobre o que fazem melhor e assim os jovens conseguem se conectar a esse mundo ao serem inspirados; por outro lado, os palestrantes e os próprios organizadores do TEDYouth também são recarregados de energia ao entrar em contato com essas jovens mentes. Além disso, normalmente os próprios palestrantes são pessoas jovens também!

No TEDYouth, estudantes tem tarefas — desde inaugurar o evento até entrevistar os palestrantes para o blog. Duas adolescentes até foram, no TEDYouth de 2014, até o palco para apresentar cada palestrante, junto aos mestres de cerimônia, Kelly Stoetzel e Rives.

Foto: Ryan Lash/TED

ted

Os eventos aconteceram em Nova Iorque em 2011, 2012, 2014 e 2015 e na cidade de Nova Orleans no ano de 2013. As palestras do TEDYouth mais assistidas são:

Que tal uma boa dose de ideias interessantes?

Já vi que existe o TEDx. Tem a ver com o TED?

Comparecer a uma conferência do TED não é uma tarefa muito simples: acontece uma vez ao ano em um local específico, tem elevado custo de participação e também não é conhecida por uma vasta camada da população mundial, isto é, não necessariamente consegue alcançar pessoas que estão do outro lado do mundo e não têm acesso à internet, por exemplo. Com esses fatores em mente, foi criado o TEDx.

TEDx são eventos independentes que acontecem em todo o mundo por pessoas que desejam replicar o modelo do TED em suas comunidades voluntariamente. A proposta é entender que conversa as pessoas da sua cidade precisam ter, que tipo de assunto precisa ser discutido e quais temáticas são interessantes naquele espaço. Há uma série de possibilidades apresentadas pela organização: desde a transmissão online de eventos do TED, até a organização de um evento próprio, como um TEDx na sua universidade ou com um tema abrangente para a sua cidade.

Assista às 10 palestras do TEDx mais vistas até hoje!

Foto: Cortesia do TEDxKoprivnicaLibrary / TED

ted

Desde a criação do programa do TEDx em 2009, foram mais de 10 mil eventos e 50 mil palestras. Em 2016, o TEDx teve em torno de 3.600 eventos organizados independentemente em 170 países, que somaram 20 mil ideias compartilhadas. Aconteceram em grandes teatros, salões luxuosos, assim como em salas de televisão, praças, estações de trem e bibliotecas de escola. Os eventos TEDx devem, antes de qualquer outro fator, estar conectado com a comunidade local, com as suas discussões, seus tabus, suas necessidades, essências e com as conversas que precisa ter, a fim de que as ideias ali compartilhadas surtem efeito nas pessoas e desencadeiem algum tipo de mudança.  

Você pode organizar um TEDx, inclusive, é só olhar as regras e instruções no site. No Brasil, já são realizados diversos eventos, como o TEDxSãoPaulo, o TEDxLaçador, o TEDxBlumenau, entre outros.

O TED é uma plataforma gigantesca, não só de vídeos, mas de possibilidade. Que tal utilizarmos mais dela para também incentivar a educação política?

Publicado em 26 de outubro de 2017.

Carla Mereles

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), curadora do TEDxBlumenau e assessora de conteúdo do Politize!.