WeGov: 7 formas de colaborar com o governo

Publicado em:
Compartilhe este conteúdo!

Colaborar com o Governo é uma premissa para atuação da WeGov. Para construir as soluções de maior impacto, Governo, Empresários e Cidadãos devem sentar na mesma mesa (somente 2 destes 3 costumam negociar juntos). Essa colaboração exige compromisso de todas as partes, tempo e uma vontade de solucionar algum problema além do auto-interesse. Baseando-se em nossa experiência e conhecimento, levantamos alguns pontos importantes para começar a Colaborar com o Governo

1. Conheça sua cidade e governo local

A melhor maneira de começar a trabalhar com o governo é conhecendo-o. Pesquise, por conta própria, sites institucionais, associações, empresas que tenham projetos relacionados, conselhos comunitários, institutos, universidades, jovens empreendedores sociais, etc. É importante saber como é a atuação do Governo em sua região e quem está buscando solucionar os problemas, cada Estado e Municípios possuem particularidades. Quem é o prefeito, os secretários, gestores e líderes da cidade? Quais projetos existem de dentro do governo ou de fora?

2. Participe de reuniões e encontros

Sempre que puder participe das reuniões abertas, eventos gratuitos promovidos em sua cidade. Anote as ideias e dê opinião, em relação aos projetos ou resultados. Procure sempre somar ao invés de só criticar. Por exemplo, aqui em Florianópolis acontecem as Audiências do Plano de Metas da Prefeitura. Iniciativas desse tipo (apesar de algumas vezes serem pura fachada política) são ótimas para promover seus projetos e fazer network de ideias que gostaria de ver. As hackathons, por exemplo, são encontros famosos por usarem informações do Governo (ex: abertura de dados) na busca por reformas e melhorias. É muito importante também demonstrar seu apoio e reconhecer o bom trabalho que o governo faz. Promova as mudanças que você quer ver ocorrendo.

3. Inicie discussões

Uma vez que tiver se familiarizado com seu governo local, provavelmente poderá aprender com o chefe de departamento, conselho ou executivos, cujos interesses ou áreas têm relação com o que você acredita. Convide as pessoas para um encontro, em um almoço ou café. Entenda qual a sua paixão. Veja se há alguma sobreposição entre o que você quer e o que está sendo feito por aí. Quanto mais se encontrar com os membros do governo, mais rápido aprenderá sobre seus processos, sistemas, restrições, interações e desejos.

4. Estenda o convite

Uma das interfaces mais importantes e produtivas para colaborar com o governo é estando em uma sala juntos, contribuindo na solução de problemas frente a frente. A equipe do governo pode não saber sobre seu grupo ou iniciativa se não estiverem próximos. Convide-os para os seus encontros e eventos ou para uma rodada de Perguntas & Respostas. Ter o governo local nos eventos torna tudo muito mais fácil porque eliminamos muitas suposições que temos sobre a atuação do Governo, ou sobre como as coisas funcionam no governo da cidade, o que pode ajudar a construir tudo mais rapidamente, sem burocracia.

5. Encontre agentes de causa

Ao encontrar pessoas no governo e ao tê-las presentes em suas iniciativas, é mais provável que se tornem entusiastas engajados pela sua causa e pelo trabalho desenvolvido. Conforme estes entusiastas e “campeões de causa” surgirem, tenha certeza de encontrar formas de mantê-los no circuito daquilo que estejam fazendo e deixem que saibam como podem ajudar. Você precisa encontrar agentes. Você precisa encontrar a secretaria, o conselheiro ou chefe de departamento que esteja por dentro da situação, dos recursos disponíveis. Isso é crítico para o engajamento.

6. Encontre vitórias

Existe um projeto que tenha uma solução bacana? Existem políticos ou departamentos da cidade interessados em aprender mais sobre coisas novas, como dados abertos? Encontrar formas rápidas de provar suas habilidades e o valor que seu grupo pode trazer, seja em desenvolvimento de tecnologia ou no suporte ao governo para que entenda melhor tudo que é possível ser feito, é uma das maneiras mais fáceis de ganhar apoio dos mesmos.

7. Drible a estrutura governamental estabelecida

Às vezes a estrutura de governo dificulta a colaboração, isso é fato. Mas vale a pena driblar (no bom sentido) o senso comum e ultrapassar alguns limites estabelecidos. Um exemplo recente que ilustra esse tipo de ação foi o vandalismo à estátua de Drummond no Rio de Janeiro. Temendo por uma (falta de) ação demorada do Governo, um cidadão simplesmente arregaçou as mangas e colaborou de maneira efetiva. Portanto, use suas habilidades e não se desencoraje ao encontrar alguns bloqueios ou enfrentar burocracias burras.

Mãos à obra!

Tem outras dicas de como colaborar com o Governo? Deixe sua opinião nos comentários 😉

Publicado originalmente em WeGov.

A WeGov é um espaço de aprendizado em governo, que dissemina a cultura de inovação no setor público. As ações da WeGov tem como premissas: empoderar os agentes públicos; iluminar ideias e ações que possam ser replicadas; aproximar os agentes públicos das três esferas e dos três poderes. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este conteúdo!

ASSINE NOSSO BOLETIM SEMANAL

Seus dados estão protegidos de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD)

FORTALEÇA A DEMOCRACIA E FIQUE POR DENTRO DE TODOS OS ASSUNTOS SOBRE POLÍTICA!

Conteúdo escrito por:
André Tamura é Diretor Executivo da WeGov, empreendedor público, entusiasta da inovação em governo e das mudanças sociais. Desde que trabalhou como operário de fábrica no Japão, tem evitado as “linhas de produção”, de produtos, de serviços e de pessoas.

WeGov: 7 formas de colaborar com o governo

24 jul. 2024

A Politize! precisa de você. Sua doação será convertida em ações de impacto social positivo para fortalecer a nossa democracia. Seja parte da solução!

Pular para o conteúdo