O que é CAPES e para que serve a pós-graduação?

O ex-presidente da Capes Jorge Almeida Guimarães (esq), o ministro da Educação, Renato Janine, o secretário executivo do MEC, Luiz Cláudio Costa, e o novo presidente da Capes, Carlos Afonso Nobre (dir). Foto: José Cruz / Agência Brasil

CAPES-pos-graduacao

O número de mestres e doutores no Brasil não chega a 0,5% da população. Ainda são poucas as pessoas que conseguem concluir o ensino superior e seguir na pós-graduação. Por isso é tão importante o trabalho da Capes. A sigla significa Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Trata-se de uma fundação do Ministério da Educação (MEC), que é responsável pela expansão e consolidação da pós-graduação – mestrado e doutorado – em todos os estados da Federação.

É provável que você tenha ouvido falar da Capes por dois motivos principais: porque você conhece alguém que tem bolsa de estudos da Capes ou porque talvez você tenha algum incentivo da Capes, mas não saiba exatamente como ele foi criado, nem por quê.

MESTRADO OU DOUTORADO?

Os vários programas que a Capes coordena possuem a meta comum de elevar o nível da pesquisa científica em diversas áreas, mantendo o equilíbrio entre a qualidade e a quantidade de cursos autorizados pelo MEC, e ofertados por universidades em todo o Brasil. Se você está concluindo o ensino superior e pretende continuar seus estudos depois, saiba que a Capes é responsável por avaliar a cada 4 anos os cursos que conferem diplomas oficiais de mestre(a) e doutor(a).

Mestrados são indicados para quem deseja ser professor ou pesquisador no ensino superior. É necessário gostar de estudar de forma intensiva e por tempo prolongado. Geralmente um mestrado dura 2 anos. Existem ainda mestrados profissionais, onde a pesquisa é voltada para áreas técnicas ou artísticas, a atuação profissional não é acadêmica, mas voltada para o mercado de trabalho. Doutorados são uma continuidade da atividade de pesquisa do mestrado, porém mais complexa e com maior duração, entre 4 e 5 anos. A finalidade continua sendo a educação de nível superior.    

O que faz a CAPES?

São 5 as atividades principais que a Capes realiza. Você pode clicar e se aprofundar em cada uma delas, afinal elas são políticas públicas de educação. Faremos um pequeno resumo para você.

1) Avaliação da pós-graduação stricto sensu

A fundação tem a responsabilidade de manter todos os cursos em avaliação periódica, divulgada a cada quadriênio. A avaliação é o termômetro que indica o padrão de excelência acadêmica para programas de mestrado e doutorado nacionais. Os resultados ainda servem de base para a formulação de políticas públicas para a área de pós-graduação, e também para as decisões sobre a concessão de bolsas de estudo.

2) Acesso e divulgação da produção científica

Por causa da dificuldade de acesso a bibliotecas e à informação científica internacional por estudantes brasileiros, a Capes criou um portal de compartilhamento de periódicos. A produção científica nacional também se beneficia dos conteúdos estrangeiros, pois historicamente ela esteve restrita ao Sul-Sudeste do Brasil. Agora pode circular mais livremente pelo Norte, Nordeste e Centro-oeste.

3) Investimentos na formação de recursos de alto nível no país e exterior

Através de seus programas no Brasil, a Capes concede bolsas de estudo para estimular a formação de pessoas com alto nível acadêmico, mestres e doutores em diversas áreas, que poderão devolver ao país os conhecimentos que adquiriram, contribuindo para a ciência no Brasil. Já com seus programas no exterior, a Capes concede bolsas de estudo fora do país, internacionalizando nossos estudantes, e alimentando a pesquisa científica nacional com esse intercâmbio. Existem editais e regras detalhadas para cada modalidade de programa.

4) Promoção da cooperação científica internacional

Através de acordos bilaterais com programas de pós-graduação no exterior, a Capes fomenta projetos conjuntos de pesquisa entre grupos brasileiros e estrangeiros. Ela financia missões de trabalho (intercâmbio de professores), bolsas de estudo (intercâmbio de alunos), além de uma quantia para o custeio das atividades dos projetos.

5) Formação inicial e continuada de professores para a educação básica

Realizada nos formatos presencial e à distância, esse programa organiza a oferta de cursos de licenciatura presenciais e fomenta projetos de estudos, pesquisas e inovação no campo da educação básica. O modelo à distância busca expandir para regiões remotas do Brasil a oferta de cursos e programas de educação superior, para profissionais que já atuam na educação básica.

DICA: se você é candidato ou candidata à pós-graduação na sua cidade, busque a versão mais recente da avaliação de cursos e universidades. Você também pode conversar com professores que atuam na área para saber como funcionam financiamentos e outros incentivos de pesquisa.    

A VIDA NA PÓS-GRADUAÇÃO

O dia a dia na pós graduação não é moleza. Nem tudo é perfeito, você vai ver que muitas pessoas com bolsa de estudo precisam trabalhar para complementar a renda, existem burocracias frequentes a serem cumpridas nas faculdades, competição entre colegas, muita expectativa pessoal, e até preconceito de raça e gênero

Por isso, separamos 2 dicas extras para você não desanimar!

1) Já é mestrando ou doutorando e precisa sobreviver emocionalmente na pós-graduação? Não sabe o que fazer com seu orientador que não te orienta? Descobriu um tema de pesquisa mais interessante depois que já tinha sido aprovado?  

Acesse Quinquilharia, uma playlist incrível de vídeos da premiada professora Debora Diniz. Lá tem ótimas respostas para tudo isso.     

2) O blog do site posgraduando.com disponibiliza ferramentas, dados, relatos pessoais e informativos animados sobre a vida na pós-graduação. Tudo com muito bom humor e informação de qualidade.

Para quem fizer a opção por um mestrado ou um doutorado, é importante conhecer as responsabilidades da Capes com a educação de nível superior. Assim, poderá cobrar direitos como estudante, e usufruir corretamente dos incentivos da fundação. Afinal, as metas da Capes são políticas públicas de educação.

Conhece outras dicas sobre incentivos da Capes? Compartilhe nos comentários.

Boa sorte e bons estudos!

Publicado em 05 de março de 2018.
Rafael Medeiros redator politize!

Rafael Medeiros (Rafa)

Formado em Relações Internacionais, com mestrado em Filosofia. Possui interesse em metodologias de voluntariado, conteúdo de causas sociais e culturais, e temas da mente.