Imagem Ilustrativa Educação Midiática. Imagem: Pixabay.com.
Imagem: Pixabay.com

Nós estamos em uma época onde se pode acessar qualquer conteúdo na palma da mão, não é mesmo? Está tudo ali ao seu alcance em um clique. Você já se perguntou quantas buscas realizou hoje? E como você organiza essas informações? É aí que entra a educação midiática

Quer saber mais sobre o assunto? Neste conteúdo, o Politize! te explica o que é educação midiática.

O que é educação midiática?

O termo Educação Midiática surgiu em 1960, nos Estados Unidos, com ajuda da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). O termo foi criado por causa da preocupação com as manipulações políticas mediante as emissoras de rádio e do cinema da época. 

Existem diversos conceitos sobre o que é a Educação Midiática, mas o que é aceito até hoje, segundo a UNESCO, é o seguinte:

“A mídia-educação visa a suscitar e incrementar o espírito crítico dos indivíduos (crianças, jovens e adultos) face às mídias, visando a responder às questões: como as mídias trabalham? como são organizadas? como produzem sentido? como são percebidas pelos públicos? como ajudar estes públicos a bem utilizá-las em diferentes contextos socioculturais? Seu objetivo essencial é desenvolver sistematicamente o espírito crítico e a criatividade, principalmente das crianças e jovens, por meio da análise e da produção de obras midiáticas. Visa a gerar utilizadores mais ativos e mais críticos que poderiam contribuir à criação de uma maior variedade de produtos midiáticos.”

Ou seja, em outras palavras, a Educação Midiática capacita indivíduos para analisarem os produtos das mídias de maneira crítica, entendendo como funcionam os processos midiáticos e permitindo a estes participarem da criação de materiais midiáticos em diversos meios.

Se antes da internet vivíamos em uma época de escassez de informação e conhecimento, hoje temos condições de acessar um enorme volume de informações. Mas pense só na quantidade de mensagens que estamos recebendo e enviando ao longo do nosso dia. Basta olhar o feed do Instagram, e quantas vezes você já curtiu, comentou, compartilhou um post no stories só por causa da imagem ou pela frase.

Por isso, é bastante importante entender a fonte de cada mensagem que está chegando até você. Em meio a tantos conteúdos, você já parou para pensar como diferenciá-los? A educação midiática surge como uma importante ferramenta neste processo.

Por que a educação midiática é importante?

Quantas mensagens, vídeos, áudios, stories e memes você recebeu hoje? Você sabe a natureza de cada fonte recebida? As informações consumidas e compartilhadas pelas redes sociais muitas vezes podem estar incompletas ou terem sido produzidas por fontes duvidosas. Logo, produzindo desinformação, teorias conspiratórias e Fake News. Como lidar com tantas informações? 

A educação Midiática é a resposta. Desenvolver habilidades e conseguir identificar a natureza das informações é o caminho para uma rede mais segura. O objetivo da Educação Midiática é que a pessoa que esteja navegando pela rede seja capaz de interpretar, pesquisar e produzir informações de forma responsável e reflexiva.

No documento “Leitores do século 21: Desenvolvendo habilidades de alfabetização em um mundo digital”, a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) afirma que as tecnologias digitais são responsáveis por uma maior disseminação da informação, com variedade de formatos que nem sempre se encaixam em modelos tradicionais.

O documento ainda afirma que a desinformação leva à “polarização política, diminuição da confiança nas instituições públicas e falta de credibilidade na democracia“.

Outro relatório feito pela agência de relações públicas e marketing digital da América Latina, Sherlock Communications, mostra que, no Brasil, 45% dos entrevistados da pesquisa afirmaram se contentar com as informações geradas de modo automático na internet, ao contrário de 19% que assumiram clicar em mais links para verificar as informações.

Leia também: Por que caímos em fake news?

O que é educação midiática na BNCC?

Um dos desafios da era digital é compreender nossos múltiplos papeis quando navegamos pela internet. Não somos mais meros consumidores, hoje criamos, produzimos, compartilhamos. Portanto, é fundamental e urgente que o indivíduo desenvolva habilidades tais como curadoria, reflexão, intenção da informação.

De acordo com Claudemir Edson Viana, doutor em Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP), a Educação Midiática é fundamental para termos uma comunicação que vá além para o exercício de um direito cidadão, mas também é uma prática política (não partidária) de existência, cidadania, do indivíduo e de seu coletivo.

Segundo o relatório divulgado pela OCDE: 67% dos estudantes de 15 anos do Brasil – quase sete a cada dez – não conseguem diferenciar fatos de opiniões quando fazem leitura de textos

Quando se desenvolve as habilidades da educação midiática, o jovem ressignifica a sua relação com todas essas informações, construindo autonomia e criando senso de responsabilidade.

Como a educação midiática pode apoiar o fortalecimento da democracia?

A educação midiática é um exercício de cidadania democrática, porque seu princípio está diretamente interligado aos pilares da democracia. Principalmente, a liberdade de opinião e de expressão da vontade política, acesso à informação e liberdade de imprensa.

O nosso desafio como sociedade democrática não é proibir que as informações não cheguem, mas sim ensinar o conhecimento necessário para filtrar tantas informações e interpretar qual a intenção desse conteúdo. O exercício da educação midiática começa pelo livre acesso à informação e a participação da população de forma responsável.

As informações que consumimos ajudam nas tomadas de decisões dos cidadãos e cidadãs. Porém, essas informações precisam ser de qualidade. Por exemplo, o acesso aos mais variados sites e apps que auxiliam o monitoramento de candidatos e projetos de leis. Isso contribui para a liberdade de expressão, o direito à informação, engajamento e participação política.

Portanto, a educação midiática tem o papel de qualificar o conteúdo, assim, combatendo a desinformação.

Você entendeu o que significa Educação Midiática? Deixe sua dúvida ou opinião nos comentários!

Referências:

Você já conhece o nosso canal no Youtube?

1 comentário

  1. Ana Beatriz em 14 de janeiro de 2022 às 7:28 pm

    Top demais!!!!

Deixe um Comentário








Enter Captcha Here :