Tô de Olho: conheça o aplicativo que facilita a fiscalização de vereadores

Foto: Reprodução/Ação Jovem Brasil.

to-de-olho-mascote

Acompanhar de perto o trabalho dos políticos é tão ou mais importante do que fazer um voto consciente na eleição. É o que você deve ouvir o tempo todo por aí, principalmente em períodos pós-eleições. Mas a verdade é que pesquisar sobre o trabalho dos políticos pode ser um trabalho homérico: as fontes de informação são diversas, mas às vezes trazem informações incompletas. Além disso, muitos órgãos públicos, infelizmente, ainda não implementaram uma cultura de transparência.

Felizmente, cada vez mais organizações da sociedade civil estão preocupadas em mudar essa realidade, tornando o trabalho de fiscalização dos políticos algo mais acessível para todos. Um desses grupos é é a Ação Jovem Brasil, que desenvolveu um aplicativo que avalia o trabalho de todos os vereadores do município do Rio de Janeiro. Vamos entender melhor essa bela iniciativa!

O que é a Ação Jovem Brasil?

A Ação Jovem Brasil é uma associação sem fins lucrativos que tem como missão promover entre o público jovem brasileiro uma cultura mais participativa, com formação cidadã e política, através do desenvolvimento de projetos em parceria com jovens idealizadores, buscando a valorização de suas ações, mostrando os resultados alcançados e incentivando a geração de novas ideias que produzam mudanças significativas para a sociedade.

Essa entidade surgiu do inconformismo do empreendedor William Nogueira com a situação vivida hoje na política brasileira. Fundador e presidente da Ação Jovem, ele conta o que o levou tomar essa iniciativa: “Eu já atuava em algumas ações voluntárias e quando tive o contato com a dura realidade de uma comunidade no Rio de Janeiro, eu parei, pensei e vi que tem muita coisa errada ainda para resolver. Não me conformei ao entrar em um barraco de pouco mais 6 ou 7 metros quadrados e ver uma família inteira morando ali, não podia simplesmente achar que o problema não era meu, não podia simplesmente achar normal”.

O propósito da Ação Jovem Brasil, segundo William, “é fomentar no jovem o sonho de mudança, de fazer diferença através do seu conhecimento, da sua garra e utopia, por meio dos quais tudo é possível e as barreiras são mais fáceis de transpor. Imagine se usássemos a força da juventude para virar o Brasil de cabeça para baixo? Jovens empreendedores têm todas as condições de propor mudanças, de fazer coisas incríveis e relevantes para o presente e o futuro do nosso país”.

A ideia do aplicativo

Foto: Pixabay.

William relata que a Ação Jovem Brasil iniciou seu processo de controle social a partir de 2015, quando lançou o Índice de Transparência Parlamentar, que avalia os vereadores do Rio de Janeiro. O índice mede o grau de transparência do vereador em seu mandato para que o eleitor o conheça melhor e possa acompanhar suas ações. Depois disso, a ideia do aplicativo Tô de Olho surgiu quase naturalmente. “As pessoas estão deixando de usar computadores para usarem os celulares e os aplicativos passam a ter um papel relevante na relação das empresas, das organizações e até do governo com o indivíduo”, afirma Nogueira.

O Tô de Olho é super simples de utilizar. O usuário acessa o Índice de Transparência com a nota dos vereadores em ordem decrescente e pode consultar documentos e informações pelo direcionamento do próprio app. Em sua versão mais recente, o usuário também pode receber informações personalizadas de um único vereador, ou até mesmo de todos eles se desejar. “Queremos informar ao eleitor tudo que acontece com o vereador, seus projetos, suas ações, sua frequência e o que mais for relevante para uma análise qualitativa do mandato dos vereadores”, conta William.

Próximos passos

Por enquanto, o Tô de Olho abrange apenas a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, o que abre espaço para que outras cidades brasileiras sejam alcançadas tanto pela Ação Jovem Brasil, quanto por outras organizações.

Para William, o ideal é que as organizações interessadas em desenvolver projetos semelhantes procurem desenvolver parcerias. “Somando forças, a tendência é que os projetos cresçam e se mantenham em uso pelos usuários. Não é fácil manter projetos como esse sem os recursos financeiros necessários, os brasileiros em geral ainda não têm a cultura de colaborar financeiramente com projetos como esse, de fiscalização e controle”, segundo William.

E então, curtiu?

Agora é hora de agir. Se você mora no Rio de Janeiro, baixe agora o Tô de Olho em seu smartphone e tenha uma ferramenta de fiscalização dos seus vereadores na palma da mão! Se não mora na capital carioca, não tem problema: dê uma olhada e inspire-se! O app está disponível nas lojas virtuais Apple Store e Play Store. É gratuito e muito simples de baixar. Mão na massa!

acompanhar-trabalho-de-vereadores
Publicado em 23 de maio de 2017.

Bruno André Blume

Bacharel em Relações Internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e editor de conteúdo do portal Politize!.